Apresentação: O longo Junho. As mobilizações de 2013 e o horizonte dos movimentos sociais no Brasil.

No âmbito do seminário mensal “Movimentos Sociais e Ação Política” vai haver uma apresentação do Breno Bringel sobre as mobilizações 2013 no Brasil
28 de Janeiro, 17h
Sala AA2.24 ISCTE

Resumo:
As mobilizações de Junho de 2013 no Brasil nem começaram nem acabaram em junho. Esta apresentação busca reconstruir os sentidos de médio e longo prazo das mobilizações recentes no Brasil, analisando seus antecedentes, motivações e impactos diversos. Para tal fim, discute-se em primeiro lugar algumas das principais interpretações recentes sobre as mobilizações e com o objetivo diagnosticar alguns de seus limites e potencialidades. Em segundo lugar, apresenta-se alguns antecedentes do “longo junho”, ressaltando ciclos, atores e padrões prévios de mobilização social no Brasil. Já em um terceiro momento, aprofunda-se em uma análise mais detida do ciclo recente de protestos que eclode, como mobilização de massa, em junho de 2013. Como démarche analítica a abrangência temporal desta reflexão é de um ano e chega até meados de 2014, com as manifestações associadas à Copa do Mundo. Buscando transcender as fronteiras nacionais, a quarta parte da apresentação busca situar as particularidades do caso brasileiro dentro do contexto mais amplo de uma geopolítica da indignação global. Finalmente, tecem-se algumas considerações sobre onde está o movimento agora, refletindo sobre algumas tendências e possíveis impactos.

Breno Bringel é Doutor pela Faculdade de Ciência Política e Sociologia da Universidade Complutense de Madri (UCM), onde foi professor. Foi investigador e professor visitante em várias universidades do Reino Unido, França, Suíça, Espanha, Argentina, Uruguai e Brasil. Durante os meses de Janeiro e Fevereiro de 2015 atua como investigador visitante do ICS/Universidade de Lisboa. Na atualidade é Professor Adjunto do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde coordena o Núcleo de Estudos de Teoria Social e América Latina (NETSAL). Também é Investigador do Conselho Nacional de Pesquisas do Brasil (CNPq). Coordenador do Grupo de Trabalho de Movimentos Sociais da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) e membro do Comitê Executivo do “Research Committee on Social Classes and Social Movements” (RC-47) da Associação Internacional de Sociologia (ISA). É editor de Dados – Revista de Ciências Sociais e editor de “openMovements”, uma nova iniciativa do projeto “openDemocracy”. Seus últimos livros são: Global Modernity and Social Contestation (com José Mauricio Domingues, London/California/New Delhi: Sage, 2015) e O MST e o internacionalismo contemporâneo (Rio de Janeiro: EdUERJ, 2015).

Facebook: https://www.facebook.com/events/591480410988744/?fref=ts
Cartaz: O longo Junho


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *